O Gabinete Militar do Governador (GMG), por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), foi acionado e informado pelo município de Paraisópolis que a barragem de água de que abastece a cidade está em nível 3 de emergência e apresenta avarias em sua estrutura. Essas avarias precisariam ser sanadas e, até lá, haveria a necessidade de se fazer a evacuação de 61 pessoas de suas residências.

Cabe ressaltar que se trata de uma ação preventiva, pois NÃO HOUVE rompimento da barragem.

O órgão fiscalizador da questão no Estado de Minas Gerais, o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), realizou vistoria na estrutura, constatando a situação de risco.

Dessa forma, cumprindo o Plano de Ação de Emergência (PAE) da barragem elaborado pelo próprio município (empreendedor), é necessário fazer a evacuação preventiva da população que está à jusante do barramento pela Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil do município (Compdec) com o apoio da equipe da Cedec e demais órgãos de resposta a emergência do Estado.

Para a remoção preventiva das pessoas e dos animais das áreas de risco, a Prefeitura Municipal está mantendo diálogo com cada morador para fins de instalação e hospedagem dos afetados.

Para acompanhamento da situação no município, foi estabelecido, nesta sexta-feira (1/10), um gabinete de crises, do qual participam: a Prefeitura Municipal e todas suas secretarias, o GMG/Cedec, o Igam, a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG).